quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Armadilha 1: Comer com os olhos

Me recordo que, durante alguns momentos da minha vida, sentia bons aromas e queria comê-los. Acontecia com muita frequência, ao passar próximo a uma padaria, por exemplo, no momento em que algo estava sendo assado, com aquele cheiro maravilhoso, eu, sem raciocinar, acabava comendo qualquer coisa "bonita" que poderia se aproximar daquele cheiro.

Até que descobri, que nenhum alimento tem o mesmo sabor do cheiro ou da aparência.

Pensando assim, não mais corro pra dentro da padaria quando estão assando algo. E ultimamente, tenho observado quais ingredientes de um produto vão me nutrir como meu corpo precisa.

Não serão nem os industrializados, nem os de caixinha e muito menos os cheio de agrotóxico. Porém, infelizmente não vivemos num mundo onde encontramos, com facilidade, esses produtos mais saudáveis, mas o que pudermos fazer para reduzir o consumo, eu acho válido. 


Fonte

Comer não é um ato automático, já dizia Juliet Beck no livro "Pense Magro".

Comecei a tomar cada vez mais consciência do que nutria meu corpo após buscas por orientações com nutricionistas e tratamentos tanto estéticos quantos terapêuticos que vem me trazendo ótimos retornos físico, mental e comportamental, inclusive.

Iniciei um tratamento de massagem terapêutica que estimula os mecanismos do corpo a eliminar toxinas. Ela relaxa, drena, e limpa a o corpo em sua profundidade, muito além da pele. 

Recomendo a busca por realizações pessoais, profissionais, e momentos que trarão ótimas sensações. 

Viva melhor!!!

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Foca no Natal

Estamos há 34 dias do Natal e para não fechar o ano com o sentimento de fracasso pelos quilos adquiridos nos últimos meses, proponho hoje meu novo lema: FOCA NO NATAL.


Fonte

Este lema não tem como objetivo fazer nenhuma dieta maluca, nem tomar remédio para emagrecer. Mantenho na ideia de que para se emagrecer de maneira saudável, é necessário manter uma vida saudável. 

O foco é voltar ao foco.

Porém mais confiante e mais determinada. Foca no natal... bora? #focanonatal

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Boas práticas nutricionais

Estava pesquisando na internet a respeito de boa alimentação, ou dicas nutricionais para serem seguidos no dia a dia, em prol da busca por uma vida saudável, inclusive, na recuperação da saúde.

E foi no site da ANVISA, que eu encontrei materiais super ricos e interessantes, num site de confiança, para que nos informe e nos torne pessoas que busque conhecimentos seguros.

Fonte
Eis aqui, que resolvi compartilhar esse site e conteúdo com você.

Vale a pena ler, reler e divulgar.

Conteúdo e curiosidades.

Guia de Boas Práticas Nutricionais
Acesse aqui, arquivo em PDF


sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Ansiedade: descubra e aprenda a lidar com ela

Há alguns dias, me coloquei em profunda reforma de vida, refletindo sobre as coisas que estavam me incomodando. Desmotivei na academia e na dieta, e engordei. Mas o que de fato aconteceu?

Academia: Quando malhei em 2013, eu trabalhava de manha, e malhava de tarde. Não pegava engarrafamento nem ônibus lotado, tinha mais tempo pra descansar e não dormia tão tarde. A distancia não me incomodava.

Quando retornei esses dias, tive muita dificuldade. Engarrafamento no horário de pico, ônibus cheio e corpo e mente agitados, custava a dormir. E como me cobro muito, me sentia fracassada por não conseguir cumprir os treinos e o ânimo. Resultado: Ficava ansiosa por não conseguir, e a balança deu sinal de vida.

Paralelamente ao tratamento de ansiedade que foi suspenso por 1 semana, a ansiedade por não conseguir cumprir o prometido, e.. a TPM. 3kg a mais na balança. Um susto que balançou tudo.

Reflexão feita, era tempo de mudar hábitos, ou então, voltar aos hábitos saudáveis que me trouxeram até aqui.

Fonte da foto: Corpo a Corpo

Passei no mercado, organizei minha alimentação com base na orientação alimentar da minha nutricionista, e me planejei para 1 semana.

Aproveitando que dias quentes estão sendo frequentes por aqui, optei até por inovar no lanche da tarde: cenoura crua geladinha com maçã, ou outra fruta. E aprendi a beber a quantidade certa de água, tomando entre 2,400 a 3 litros d´água por dia.

Cheguei em casa, e passei a preparar minha alimentação do dia seguinte, na noite anterior. Para não ter desculpas.

Fiz meu pão de aveia fit (2 ovos + 3 colheres de aveia+ temperos a gosto)

Substitui o café preto por coalhada desnatada, que mesmo adoçada tem menos caloria que outros iogurtes. O café estava atacando meu estômago, e até o chocolate foi eliminado da vontade e do consumo.

Mesmo com o inchaço da TPM, em 3 dias, reduzi 1kg na balança.

Logo, dê uma rasteira na ansiedade admitindo os motivos que estão fazendo você engordar, se organize e faça acontecer. Esse tem sido a melhor receita para o sucesso.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Definindo o momento atual

Olá pessoas! Como vocês estão?

Andei sumida né?

Comecei academia e desmotivei.
Comecei dieta e desmotivei.
Comecei tratamento contra ansiedade e fiquei 1 semana sem ele.

Arquivos

Me esforcei não tanto ao máximo e por isso hoje eu não trago boas notícias. Eu queria muito ser um exemplo pra mim mesma. Mas ainda não sou. Estagnei. Me permiti, e me perdi. E acredito que o fato da balança estar com 3kg a mais do que a ultima pesagem, é reflexo do meu comodismo.

Mas vou falar uma coisa... eu já vi esse filme.. e me esqueci como é ruim...

Já acomodei em 2014... e engordei 1.. 3... 7.. 10kg.

Hoje, estou revivendo o passado e por isso, estou muito mais insatisfeita que antes.

O passo mais difícil é esse: identificar e assumir a fraqueza.

Logo, analisar as possibilidades e propor mudanças. Desistir, jamais.

Agora... tomando fôlego. Por enquanto.. é isso. O desânimo toma conta de mim. Mas acredito que logo logo retornarei com a corda toda.

Ótima semana a todos nós!!!